Como que tomando das asas de Mercúrio, ela partiu de um ponto estático, de uma visão reducionista sobre a vida, para uma ilimitada maneira de ser, e de se ver ser. A princípio, chegando empiricamente, mas, verticalizando o seu entendimento sobre a consciência humana, a nos devolver o fogo, há muito roubado por nós, mas perdido por conta de uma Era informativa e não reflexiva. Reascendendo a chama contida em todos nós, mas que se apagou. E, tocando, azeitando as engrenagens de nosso próprio poder autocuradoradormecido, tornando-nos, assim, a partir da excelência do seu trabalho, os nossos próprios curadores, nos capacitando gerir, e gerar as nossas necessidades mais básicas, de que Todo Ser Humano Tem Direito, ou seja, alegria, amor em profusão, abundância em sua totalidade, saúde, e, automaticamente, Bem-Estar.

Essa é a proposta que o Método PULSAR e a sua Mentora Magaly Evangelista, se propõe a oferecer para todos!